Paróquia São José Operário celebra Festa do Padroeiro durante Jubileu de Ouro

Pascom Paroquial | Sábado, 04 Maio 2019 11:49
Paróquia São José Operário celebra Festa do Padroeiro durante Jubileu de Ouro Pascom Paroquial

O dia 1º de maio é celebrado no mundo inteiro como o “Dia do Trabalho”. Profissionais de todas as áreas aproveitam o feriado para descansar em casa com a família ou saem às ruas para se manifestar por meio dos movimentos sindicais em busca de melhores condições de trabalho. Ou, pelo menos, uma oportunidade de trabalhar, já que hoje, apenas no Brasil, temos mais de13 milhões de desempregados.

Entretanto, há quem aproveite este dia para renovar sua fé e, estando empregado ou não, direciona suas orações ao padroeiro dos trabalhadores, São José Operário. Na Diocese de Campo Limpo, uma das paróquias mais antigas da região leva o nome do santo e todo ano nesta data recebe centenas de católicos fiéis na celebração da Santa Missa, pedindo pela intercessão de São José na busca pelo emprego, na bênção pela vaga conquistada e na prosperidade da profissão escolhida.

A Paróquia São José Operário foi fundada em 24 de fevereiro de 1969, depois que sua história enquanto comunidade já acumulava anos de estrada. Logo, neste ano comemora-se o seu Jubileu de Ouro.Ela foi construída com a ajuda dos moradores da região (por isso a escolha de São José, o Operário, como padroeiro) e seu primeiro pároco foi Frei XistoTeuber.

Administrada atualmente pelo pároco Padre Francisco Glênio de Almeida, a igreja programou uma série de eventos no decorrer de 2019 para comemoração dos seus 50 anos, incluindo a tradicional Festa do Padroeiro, tornando essa celebração ainda mais especial.

A preparação para este dia começou nove dias antes, em 22 de abril, com a Novena do Padroeiro. Por ocasião do ano jubilar, Padre Glênio fez questão de convidar padres que já haviam passado pela paróquia, seja enquanto seminaristas ou até como párocos, como foi o caso de Pe. Ezaques Tavares (de 1999 a 2007) e Pe. Adilson Ulprist (de 2007 a 2014).

Em todos os dias foi possível ver uma igreja cheia de fiéis, motivados a louvar seu padroeiro etambém a reencontrar padres queridos por todos, como Pe. Rodrigo Antonio, Pe. André, Pe. Renato Alves, Pe. Luciano Bazilio, Pe. Elcio Barros, Pe. Laerte e Pe. Esmeraldo, que foram acolhidos com homenagens, lembranças e mesa farta, como o povo dessa paróquia bem sabe fazer.

No grande dia, 01 de maio, o dia começou com a missa, reunindo não só os paroquianos da matriz como também aqueles que costumam frequentar as comunidades oriundas da paróquia, Santa Teresinha do Menino Jesus e Nossa Senhora das Graças. Dentro da celebração houve o momento em que o padre convidou todos a saírem em procissão pelas ruas do bairro com a imagem do santo à frente. Como já é de costume, tivemos também a Primeira Eucaristia dos adultos que fizeram a catequese e a bênção das carteiras de trabalho ou objetos que representem as profissões dos presentes.

Ao final da Santa Missa, mais uma vez o padre convidou todos os presentes a seguirem a imagem do padroeiro pelas ruas do bairro, mas dessa vez em carreata. Ao som de buzinas e sirenes, por onde o santo passava as pessoas saíam de suas casas para admirar e prestigiar a passagem do cortejo. No retorno para frente da paróquia, Padre Glênio aproveitou para abençoar com água todos os veículos que participaram da festa, momento que também já virou tradição nesta data.

Algo que pegou a todos de surpresa foi a presença da equipe de reportagem da Rede Globo, fazendo toda a cobertura do evento. Eles gravaram vários momentos da missa e da carreata e nossa paróquia ganhou destaque em jornais como SPTV Primeira Edição e Globo News Em Pauta, que abordaram o tema do Dia do Trabalho e a importância da fé na busca pelo trabalho.

Para encerrar as comemorações em grande estilo e já chegando a hora do almoço, foi promovido no salão paroquial a Tarde do Lanche, com hambúrguer artesanal, batata frita e refrigerante. Esse evento foi organizado pelos movimentos jovens da paróquia, composto pelo Treinamento de Liderança Cristã (TLC), Final de Semana de Jovens com Cristo (FSJC) e Grupo Neviim. Toda verba arrecadada foi destinada às reformas da matriz, que passa por melhorias no teto, na pintura, no equipamento de som e segurança.

Mesmo que essa celebração do Dia do Trabalho já seja tradicional para a comunidade, essa de 2019 foi vivida pelos fiéis de maneira especial e foi possível ver a emoção nos olhos de cada um deles. Pessoas que acompanham essa trajetória de 50 anos e que vem sendo passada de pai para filho, sabem da importância que essa igreja tem para a região e mostram ano após ano que São José sempre pode contar com seus leais operários.

A Paróquia São José Operário do Campo Limpo, foi destaque também na televisão, veja a reportagem, acesse o link: https://www.facebook.com/760359430643687/posts/2426156110730669/ 

12
11
10
9
8
6
5
4
3
1
2