fbpx

Vigília Celebra Juventude chega a sua 10ª edição louvando ao Senhor porque ele é bom

Redação | Terça, 03 Março 2020 15:06
Vigília Celebra Juventude chega a sua 10ª edição louvando ao Senhor porque ele é bom Luis Carlos, Gutierrez Jesus e Erica Viana

Louvando ao Senhor, na segunda de carnaval, (24), dois mim jovens experimentaram o amor de Deus na 10ª edição da Vigília Celebra Juventude na Catedral Diocesana Sagrada Família.

O encontro organizado pelo Setor Juventude da Diocese de Campo Limpo chegou a sua décima edição celebrando o louvor a Deus. Com o tema: ‘Louvai ao Senhor porque ele é bom’ e comandado pelo Padre Rodolfo Camarotta, Assessor Diocesano das Juventudes, aconteceram momentos de louvores, pregações, Adoração ao Santíssimo e Santa Missa.

A vigília começou às 22 horas e avançou pela noite, a movimentação de pessoas começou bem antes disso, às 17 horas, com caravanas de ônibus e vans, pessoas a pé, de carro ou transporte público. Animados, já nos primeiros acordes dos instrumentos de cordas, as já centenas de jovens presentes pediam para que os louvores tivessem inicio: “Ah, se eu não louvar eu fico louco”.

A vigília que está em sua décima edição apresentou um vídeo de retrospectiva com momentos de todas as edições, além de recordar através de banners todas as camisetas feitas exclusivamente para cada um dos Celebra Juventude.

As pregações da noite, falaram sobre os motivos do louvor a Deus e sobre sermos narradores da evangelização através da comunicação. Sheyla Oliveira Leite, secretária do Setor Pastoral Diocesano, destacou os três motivos do nosso louvor e suas provas do amor, verdadeiros presentes doados a cada ser humano: “A Criação e a sua obra prima é a primeira delas, o ser humano, como imagem e semelhança de Deus.  Na encarnação, Deus transborda seu amor enviando o seu próprio Filho para nos resgatar; e a terceira prova do amor de Deus, que são duas na verdade, Deus na Cruz que perdoa nossos pecados, nos garantindo a vida eterna e ainda nesta mesma cruz faz transbordar Seu amor, que chega ao absurdo de doar seu próprio Filho por cada um de nós, mas é bom lembrar a Cruz venceu a morte. Por essa ressurreição é que devemos louvar a Deus com as nossas vidas agradecendo o seu amor que criou, nos tornou filhos e nos salvou vencendo a morte”, destacou.

Na segunda palestra, Andrea Rodrigues, do Setor Comunicação Diocesano, falou sobre testemunhar o amor de Deus com a nossa vida e através das redes sociais: “O testemunho cristão não se faz com o bombardeio de mensagens religiosas, mas com a vontade de se doar aos outros, testemunhando a comunicação que recebemos de Deus através da nossa vida. Nós só nos comunicamos porque Deus se comunica primeiro conosco, utilize a sua vida e redes sociais também para semear o amor de Deus”.

As horas de vigília foram coroadas na fase final com a Adoração ao Santíssimo Sacramento em um momento de profunda espiritualidade e a Santa Missa, que foi celebrada pelo Padre Rodolfo Camarotta e concelebrada pelos padres José Nelson da Silva, Rodrigo Antônio da Silva e Blener Domingues, CR.

Já há algumas edições o Celebra é transmitido ao vivo pelo canal do YouTube da Diocese de Campo Limpo, com expressiva interação nas redes sócias. Um telão mostrava em vários ângulos toda a movimentação do centro do presbitério. Nos intervalos, fotos dos participantes que usavam a hashtag da vigília apareciam no telão, causando alvoroço e gritaria entre os participantes.

A vigília tem também centenas de pessoas nos bastidores, nos mais diversos trabalhos: praça de alimentação, organização e acolhida, e do início ao fim das 8 horas de vigília foi possível ver o empenho destes colaboradores que tiveram um agradecimento especial do celebrante no início da missa.

Perguntado sobre como se sentia festejando a décima edição de um evento que no início de 2015 era só um grande sonho, padre Rodolfo disse animadamente: “Eu diria que esta edição foi mesmo uma grande celebração. Foi um momento de ação de graças, de viver e experimentar o derramar da graça de Deus. Sempre dá muito trabalho, organizar tudo, acompanhar cada etapa, equipe, cada pessoa que vai servir, mas digo, é imensamente gratificante. Chegar a 10ª edição para mim é certamente um grande sinal de Deus de que, quando estamos atentos ao que Deus coloca no nosso coração, atentos aquilo que Deus vai nos chamando a viver, o Senhor cuida de tudo. Começamos sem nenhuma experiência e chegamos a 10ª edição com uma grande participação diocesana, e até de outras dioceses vizinhas a nossa. Cada vez mais vivemos momentos muito especiais de fraternidade, comunhão e amor. Me sinto ainda honrado em saber que tudo que acontece depende de muitas mãos, de muitos corações. São tantas pessoas de espiritualidades diferentes, de personalidades diferentes, mas que escolhem colocar tudo o que sabem em comum e é isso que tem tornado a vigília um canal da graça de Deus, não tenho dúvida, Deus jamais erra e sabe o que está pedindo para gente”.

O próximo Celebra Juventude já tem data marcada, 13 de Novembro, sexta-feira, a partir das 22 horas na Catedral Sagrada Família.

2
10
19
6
17
15
12
11
16
4