Bergoglio completa 17 anos de cardinalato

Com Jorge Mario Bergoglio receberam as insígnias cardinalícias das mãos de São João Paulo II os brasileiros Cláudio Hummes e Geraldo Majella Agnelo.

Por | Quarta, 21 Fevereiro 2018 10:35
Bergoglio completa 17 anos de cardinalato

No dia 21 de fevereiro de 2001, 17 anos atrás, o então Arcebispo de Buenos Aires, Jorge Mario Bergoglio, era criado cardeal por São João Paulo II. Naquela ocasião, o Colégio Cardinalício ganhou 44 novos cardeais, entre os quais os brasileiros Cláudio Hummes e Geraldo Majella Agnelo.

“Venerados Irmãos, vocês são os primeiros Cardeais criados no novo milênio. Depois de ter bebido em abundância nas fontes da misericórdia divina durante o Ano Santo, a barca mística da Igreja prepara-se agora para "se fazer novamente ao largo", para transmitir ao mundo a mensagem da salvação. Em conjunto, queremos içar as suas velas ao vento do Espírito, perscrutando os sinais dos tempos e interpretando-os à luz do Evangelho”, disse São João Paulo II na homilia da missa.

Os 44 cardeais eram provenientes de vinte e sete países de quatro continentes. “Não é por acaso também este um sinal da capacidade que a Igreja, já presente em todos os recantos do planeta, tem de compreender povos de diferentes tradições e linguagens, para transmitir a todos o anúncio de Cristo? N'Ele, e só n'Ele, é possível encontrar a salvação”, disse ainda o então Pontífice.

Dessa profética homilia pronunciada em meio à diversidade cultural dos novos cardeais subiu ao trono de Pedro o primeiro Papa oriundo da América Latina.