fbpx

Seminário Nossa Senhora Aparecida inicia mais um ano formativo

Seminarista Danilo Rodrigues | Terça, 23 Fevereiro 2021 08:55
Seminário Nossa Senhora Aparecida inicia mais um ano formativo Arquivo pessoal

Na manhã de segunda-feira (16/02), o Seminário Diocesano Nossa Senhora Aparecida iniciou oficialmente as atividades do ano letivo de 2021. A tradicional semana de retiro espiritual dos seminaristas de nossa diocese foi adaptada às necessidades de sua comunidade neste tempo de pandemia.

A semana começou com a acolhida de quatro novos seminaristas na casa (Guilherme Borges, Gustavo Araújo, Luiz Otávio Gomes e Vinícius Schirmer), e foi ornada com a celebração eucarística pelas vocações, presidida pelo reitor do Seminário, padre Lidionor Lisboa Sampaio.

A terça-feira foi marcada pelo dia de espiritualidade, conduzido pelo padre Nilton Ficone Júnior, pároco da Paróquia Santo Antônio da Forania Taboão da Serra, que trabalhou o tema “Maria é o que devemos ser”. O pregador instigou belíssimas reflexões sobre a vida de Nossa Senhora, sua importância para a vocação sacerdotal e sobre as fontes bíblicas e magisteriais que apoiam as devoções marianas.

Na quarta-feira, os seminaristas participaram da Santa Missa de Cinzas presidida por nosso bispo, Dom Luiz Antônio Guedes, na catedral Sagrada Família, onde com toda a Igreja iniciaram a caminhada quaresmal e foram apresentados aos fiéis de nossa Diocese, aos que ali se encontravam e também aos que acompanhavam a celebração eucarística pela transmissão através das redes sociais.

A quinta-feira começou com a visita do padre Humberto Robson de Carvalho, teólogo e escritor , que trabalhou o tema da “diocesaneidade”. Padre Humberto partilhou sobre seus últimos trabalhos acerca do carisma diocesano, e em especial sobre o seminarista diocesano. Neste mesmo dia, teve início a formação que se estendeu até a sexta-feira, na qual o monge Dom Mauro Lorian, OSB, pároco da Paróquia São Bento da Forania Morumbi, regeu uma formação que teve como tema “A Palavra de Deus na música litúrgica”. 

“Senhor, não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho?” (Cf. Jo 14,5). Com essa pergunta, São Tomé recorda-nos que ao longo da caminhada vocacional devemos manter nossos olhos fixos em Cristo e discernir os passos que dEle nos aproximam. Assim, se inicia a marcha do ano de 2021 para os seminaristas de nossa Diocese que, apesar das incertezas, próprias de nosso tempo, seguem no processo formativo em busca de corresponder ao chamado do Divino Mestre.