fbpx

Pandemia muda mais uma vez ritos das celebrações da Semana Santa

Pelo segundo ano consecutivo, no último domingo (28), Dom Luiz Antônio Guedes, bispo diocesano, celebrou sem a presença de fiéis a missa de Ramos e Paixão do Senhor, na Catedral Sagrada Família às 10 horas da manhã.

Redação | Segunda, 29 Março 2021 11:50
Pandemia muda mais uma vez ritos das  celebrações da Semana Santa Erica Viana e Ivan Andrade

Com as restrições mais rigorosas da fase emergencial, decretada pelo Governo do Estado de São Paulo, no último dia 18 de março, a Semana Santa celebrada em toda a Diocese de Campo Limpo, acontecerá novamente sem a presença dos fiéis.

A pandemia causada pela Covid-19 mudou, desde o ano passado, o rito da celebração do domingo de Ramos e outras celebrações da Semana Santa. Sem a tradicional procissão o público foi convidado a participar através da transmissão ao vivo pelas redes sociais.

O bispo diocesano, Dom Luiz Antônio Guedes, acompanhado do pároco da Catedral, padre Sandro Ely de Oliveira e do vigário Rodrigo Antônio da Silva, deu início a Semana Santa, às 10 horas da manhã, na Catedral Diocesana Sagrada Família, celebrando a liturgia de Ramos, com transmissão ao vivo.

Acolhendo os poucos presentes e saudando todos que acompanhavam a distância, Dom Luiz fez memória à entrada de Jesus em Jerusalém abençoando os Ramos na entrada da Catedral e, em procissão até o altar, os cantos lembravam o percurso do Mestre rumo à cruz.

“São tempos difíceis para todos nós cristãos católicos que já imaginávamos participar esse ano da procissão de Ramos, mas é preciso ter fé que tudo isso vai passar”, comentou  Margarida Maria, 47 anos, que com um ramo na mão rezava em frente à porta da Catedral, antes das 9 da manhã.

Em sua homília o bispo ressaltou o despojamento daquele que sendo Deus, vem até nós como um humilde servidor e que mesmo sendo um tempo de luto, somos chamados a ser semente nas famílias através do testemunho: “Tenho refletido sobre esse tempo pandêmico e posso concluir que tudo como tem acontecido, o distanciamento obrigatório, serve também que  nós cristãos estejamos espalhados, sendo semente em muitas famílias. Tenho percebido que muitas pessoas que outrora não frenquentavam a Igreja, estão se interessado pelo Evangelho. Eu tenho a grande esperança, que passado esse momento de luto, de dor, nós evangelizadores domésticos, colheremos muitos frutos para que o Reino de Deus.

Ao final de sua homilia, fez o apelo, que mesmo de casa, todos os fiéis católicos possam vivenciar piedosamente a Semana Santa: “Mesmo estando dispensados da obrigatoriedade de cumprir o preceito, convido todos os cristãos católicos a viver piedosamente a Semana Santa, não estaremos presente fisicamente, mas através dos meios de comunicação, estejamos unidos como cristãos”.

 

Programação da Semana Santa:

(Acompanhe ao vivo pelo Facebook ou YouTube da diocese de Campo Limpo)

01/04 Missa de Crisma às 09h30

01/04 Missa Vespertina da Ceia do Senhor às 19h30

02/04 Sexta-feira Santa (Solene Ação Litúrgica) às 15h

03/04 Sábado Santo (Vigília Pascal) às 19h30

04/04 Domingo de Páscoa às 09h30

 

MG0074
IMG2055
MG0133
IMG2026
IMG2082
MG0268