fbpx

Nos passos de Santa Teresa, clero de Campo Limpo realiza seu retiro anual

Encontro deste ano marca o retorno ao Mosteiro de Itaici e teve por fundamento a espiritualidade de Santa Teresa de Jesus.

Por | Sexta, 20 Agosto 2021 15:17
Padres reunidos ao final da celebração eucarística Padres reunidos ao final da celebração eucarística Pe. Rodrigo Antonio

Retomando gradualmente, de maneira presencial, as atividades que foram restringidas pela pandemia, os padres da diocese, juntamente com seu bispo, Dom Luiz Antônio Guedes, realizaram o retiro anual do clero entre os dias 16 e 19 de agosto no Mosteiro de Itaici, localizado na cidade Indaiatuba (SP).

Para além de uma obrigação canônica, o retiro é sempre uma oportunidade de encontro com Deus no recolhimento proporcionado pelo afastamento das atividades cotidianas, aliado aos exercícios do silêncio, oração e meditação. Esta pausa visa proporcionar crescimento espiritual e mesmo revigoramento aos padres, evitando o ativismo.

Santa Teresa de Jesus

O pregador deste ano foi o padre Antônio Torres, pároco da paróquia São Pedro e São Paulo, psicólogo e grande entusiasta da vida e espiritualidade de Santa Teresa d’Ávila. Padre Antônio encarou o convite para pregar o retiro como um desafio: “Normalmente não se convida um padre da própria diocese para pregar o retiro do clero. Me senti honrado pela escolha, mas ao mesmo tempo me sinto muito feliz, muito alegre. Foi uma confiança muito grande e estou procurando fazer o melhor possível”.

O retiro teve como base a espiritualidade de Santa Teresa d’Ávila e como itinerário a proposta das Sete Moradas, obra escrita por Teresa para narrar sua experiência de vida espiritual. Também conhecida por Santa Teresa de Jesus, a religiosa nasceu em Ávila no ano de 1515 e tornou-se grande expoente da vida espiritual. Como resultado de suas experiências místicas, redigiu várias obras que se tornaram referência na literatura mística. Em 1970 foi declarada Doutora da Igreja em reconhecimento à grande contribuição que ela proporcionou à Igreja.

De acordo com padre Antônio, a ideia de pregar o retiro com esta proposta surgiu a partir do interesse demonstrado pelos padres em formação sobre a mística de Santa Teresa oferecida nas foranias que o convidaram. Além disso, o padre ressalta a ligação que sua espiritualidade possui com a vida do padre diocesano: “Santa Teresa tem uma visão extremamente bíblica e, como nós vimos, as moradas retratam a vida de Cristo. Toda a obra teresiana está fundamentada no tempo litúrgico”.

O percurso oferecido pelo padre Torres deixou os padres entusiasmados com a espiritualidade de Santa Teresa: “Estou apaixonado por Santa Teresa”, afirmou o padre Edmílson Bhering, pároco da paróquia Santo Antônio do Caxingui. O interesse despertado motivou alguns deles à propor a formação de um grupo de estudos da vida e da obra de Santa Teresa, com ênfase na sua espiritualidade.

Padres jubilandos

Neste ano alguns padres do clero diocesano comemoram o jubileu de prata de sua ordenação sacerdotal. Entre eles, os padres Manoel Corrêa Viana e Elinaldo Ferreira, que presidiram a celebração eucarística nos dias 17 e 18, respectivamente, como oportunidade de render graças a Deus pelo exercício do ministério presbiteral e pelos frutos dados à Igreja. As celebrações tiveram um sabor especial, afinal os jubilandos estavam celebrando juntamente com o bispo e os demais padres que fazem parte do presbitério diocesano, muitos deles companheiros da jornada ministerial desde o início.

As celebrações de abertura e encerramento do retiro foram realizadas por Dom Luiz Antônio Guedes, bispo diocesano e pelo padre Antônio Torres.

Mosteiro de Itaici

O clero diocesano voltou a realizar seu retiro anual no Mosteiro de Itaici, Indaiatuba, após alguns anos. Pertencente à Companhia de Jesus (Jesuítas), o local passou recentemente por reformas que proporcionaram melhorias consideráveis em todos os ambientes, de modo particular nos quartos dos hóspedes.

O local, além de proporcionar um ambiente propício para a realização de retiros, também faz parte da história recente da Igreja do Brasil. Durante mais de quarenta anos o mosteiro recebeu a Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), quando muitas das decisões dos bispos do Brasil foram tomadas.

Envolto ao verde e à tranquilidade, o complexo do mosteiro de Itaici também já foi sanatório e abrigou o seminário dos jesuítas. No ano passado, com o início da pandemia, 117 quartos do Mosteiro foram disponibilizados à prefeitura de Itaici para receber profissionais da saúde que estavam na linha de frente em hospitais da região.

A reforma empenhada no local foi muito bem avaliada pelos padres que se acomodaram no local para a realização do retiro.

Avaliação positiva

Padre Claudionor Melo, coordenador da Pastoral Presbiteral da diocese e representante dos presbíteros da Diocese junto a Comissão Regional dos Presbíteros do Regional Sul 1 da CNBB, avalia o retiro de maneira bastante positiva, dadas as dificuldades impostas pela pandemia.

Em 2020 o retiro não pôde ser realizado de maneira presencial. Agosto, mês que tradicionalmente é escolhido para a realização do retiro anual do clero, terminou com 28.947 mortes por covid-19 em 2020. A situação delicada requereu o cancelamento do retiro anual, sendo oferecidos momentos de espiritualidade de maneira remota para os padres organizados por forania.

O retiro foi momento de fortalecimento espiritual, mas também de reencontro: “O retiro deste ano foi uma oportunidade de reencontrar a muitos dos padres que não se viam desde que a pandemia começou”, avalia padre Claudionor. “Mesmo com alguns padres se ausentando por serem do grupo de risco e outros por ainda estarem com medo, tivemos uma boa adesão ao retiro”, acrescenta.

A respeito do pregador e da condução do retiro, Claudionor se mostrou entusiasmado pela espiritualidade de Santa Teresa: “O padre Antônio nos fez viajar, conduzidos através das sete moradas de Santa Teresa. Para mim foi muito forte fazer essa viagem no meu próprio interior e saber que eu sou morada de Cristo”. Padre Claudionor acredita que seja interessante continuar a aprender sobre a espiritualidade de Santa Teresa em outras oportunidades.

O próximo encontro do clero diocesano está previsto para fevereiro de 2022, no encontro anual de atualização teológico-pastoral.

IMG7674
MG7692
MG7740
MG7688
MG7738
MG7736
MG7732
MG7723
MG7718
MG7711
MG7707
MG7705
MG7701
MG7694