fbpx

Dia de Oração contra o Tráfico: curar o trauma através da solidariedade

O trauma do tráfico pode ser curado através de ações de solidariedade: para a Ir. Gabriella Bottani, esta é a atualidade do ensinamento de Santa Josefina Bakhita no dia em que celebramos a sua memória litúrgica e o Dia de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Pessoas. A esta celebração, une-se também o Papa Francisco.

Vatican News | Segunda, 08 Fevereiro 2021 10:31
Dia de Oração contra o Tráfico: curar o trauma através da solidariedade Vatican Media

A escolha não é casual: no dia em que a Igreja celebra a memória litúrgica de Santa Josefina Bakhita, realiza-se também o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Seres Humanos.

Santa Josefina “viveu a humilhação e o sofrimento da escravidão”, como recordou o Papa no Angelus deste domingo - uma jovem sudanesa que foi escravizada entre 1800 e 1900 e se tornou freira canossiana.

Em 2021, devido à pandemia, o evento será virtual com uma maratona de oração que envolverá inclusive o Papa Francisco, desde sempre grande admirador e incentivador do trabalho das consagradas que integram a rede internacional "Talitha Kum".

"Este ano, o objetivo é trabalhar por uma economia que não favoreça, mesmo indiretamente, esse tráfico ignóbil, ou seja, uma economia que nunca faça do homem e da mulher uma mercadoria, um objeto, mas sempre o fim. Peçamos a Santa Josefina Bakhita que nos ajude nisto", disse o Papa no Angelus de 7 de fevereiro.

Acreditar com coragem

A coordenadora internacional desta rede é a Ir. Gabriella Bottani, italiana que foi missionária no Brasil e ali iniciou seu empenho neste campo contra o tráfico.

Em entrevista ao Vatican News, Ir. Gabriella fala também de como a pandemia afetou o trabalho das consagradas e vulnerabilizou as vítimas. A religiosa destaca ainda a atualidade do testemunho da Santa Josefina Bakhita e como a atenção do Papa Francisco a este tema alargou a participação neste Dia de Oração a fiéis de outras confissões religiosas.

“Santa Josefina Bakhita é uma mulher que nos ensina a ter a coragem de continuarmos esperando e construindo caminhos de confiança. Acreditar de verdade que aquilo que é a dor do tráfico, aquilo que é o trauma que o tráfico causou nas pessoas pode ser curado através ações de solidariedade, de proximidade.”

Participe!

Participe da maratona ao vivo no canal do YouTube do Dia Mundial (www.youtube.com/c/preghieracontrotratta ), com traduções em cinco idiomas. O Papa também participará com uma mensagem em vídeo.